Com mais acidentados e operando acima da capacidade, Santa Casa pode entrar em colapso

Com capacidade para manter internados 599 pacientes para atendimento do  (Serviço Único de Saúde), a  tem atualmente 635 pessoas internadas nos leitos públicos e privados. A presidência da associação beneficente afirmou que hospital pode entrar em colapso.

Conforme Luiz Alberto Kanamura, superintendente da Gestão Médico-Hospitalar da Santa Casa, nos últimos dias cresceu em 30% o número de pessoas internadas por acidentes diariamente. “Esses pacientes traumatizados ficam até 20 dias nos leitos, o que representa uma menor rotatividade”, disse.

Kanamura também disse que o hospital está com dificuldade para comprar medicamentos e até os materiais usados em curativos. “A Santa Casa está no limite”, afirmou.

De acordo com Heber Xavier, presidente do hospital, desde que a atual administração assumiu no começo da pandemia e diante de uma dívida milionária de R$ 70 milhões, a Santa Casa também enfrenta dificuldades em comprar remédios.

“Os preços dos medicamentos tiveram aumento no geral de 133%. Estamos informando que podemos entrar em colapso. É um desgaste de ordem material, financeira e de equipes”, pontuou Xavier, explicando que 40% do efetivo do hospital precisou se afastar em decorrência da .

Ainda segundo o presidente da Santa Casa, o hospital conta com um estoque baixíssimo de antibióticos, que devem se esgotar em até 48 horas e devem entrar para a lista de 138 medicamentos que estão em falta.

Além disso, Kanamura disse que os gastos para um paciente ficar internado no hospital é de R$ 1,4 mil por dia. Dos 635 pacientes internados atualmente, 613 são pelo o  (Sistema Único de Saúde) e testados positivos para o coronavírus são 29 pacientes internados – 9 na .

fonte : https://www.midiamax.com.br/cotidiano/2020/

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *